O Eletrocardiograma, como o próprio nome sugere, é um exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (eletricidade que ele produz e transmite na pele) , registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrão e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos e nervos do coração.

A atividade elétrica cardíaca é semelhante a energia dos fios de condução elétricos da nossa casa, com lados positivos e negativos.

São essas diferenças, captadas por eletrodos sensíveis colocados em pontos específicos do corpo, que são registradas nos gráficos do eletrocardiograma.

Apesar de ser de execução muito simples, o eletrocardiograma é um exame muito importante em cardiologia, pois ele permite diagnosticar desde condições banais até outras muito graves, como os infartos, crescimento de cavidades, arritmias, por exemplo.

O aparelho que realiza o exame é atualmente bem compacto, conectado no computador, chamado eletrocardiógrafo. Esse aparelho registra a atividade elétrica na pele do paciente e transforma em padrões que o especialista analisa.

O Eletrocardiograma é um exame simples, indolor e geralmente muito rápido. O pacienTe deve deitar-se numa maca, de barriga para cima, tendo ao lado o pequeno aparelho que constitui o eletrocardiógrafo (usualmente portátil). O técnico colocará eletrodos grudados à pele dos braços (faces anteriores dos punhos), pernas (faces antero-mediais) e tórax do paciente, que captarão os estímulos elétricos do coração ou as repercussões deles à distância.

A pele deve estar bem limpa e desengordurada nos locais de fixação dos eletrodos. Para facilitar a captação desses estímulos geralmente é aplicado sobre a pele um gel condutor.

Os eletrodos dos membros são fixados por braceletes e os do tórax por uma espécie de ventosa de borracha, permitindo aderência à pele sem o uso de agulhas ou outros instrumentos invasivos. Se a pele for especialmente oleosa deve ser promovida uma limpeza local com álcool.

Se você está pretendendo ou realizando alguma atividade física e não fez nenhuma avaliação prévia, recomendamos realizar como mínimo o Eletrocardiograma.

Se caso tiver arritmia, palpitações, taquicardia ( coração acelerado), bradicardia (batimentos lentos),dores no peito ou algum outro problema cardiológico, recomendamos que realize um Eletrocardiograma.

Este procedimento não tem nenhum preparo , pode acontecer que seja necessário realizar uma depilação em homens no local da colocação dos eletrodos.