O que são fatores de risco cardiovascular? Saiba como preveni-los

O que são fatores de risco cardiovascular? Saiba como preveni-los!

 

São todas as condições que favorecem o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas ou nos vasos sanguíneos

Existem diversos fatores que favorecem o aparecimento da doença, por isso é importante entende-los, pois em alguns casos é possível prevenir e em outros casos é possível controlar através de tratamento para amenizar os sintomas e viver uma vida mais tranquila.

Quais são os fatores?

Entre os principais fatores, está o estresse do dia a dia, a pressão no trabalho, alimentação com excesso de gordura (alimentação desregulada, exagerada ou de má qualidade), diabetes, sedentarismo, obesidade, hipertensão, triglicerídeos elevado, genética e idade.

De que forma é possível a prevenção?

Algumas condições são inevitáveis, tais como idade, sexo e histórico de doenças cardíacas na família. Porém existem outras que podem ser mudadas, tais como, procurar atividades que aliviam o estresse, como a prática de atividade esportiva e socialização com amigos ou família, controlar o peso, diabetes e colesterol através de uma alimentação saudável e evitar bebidas, cigarro, drogas e excesso de sal na alimentação.

A prevenção e o tratamento precoce podem evitar o desencadeamento de uma doença grave.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Entre em contato com os profissionais da Clinicordis e agende a sua consulta.

(11)2443-2033
(11)99797-0135 (Whatsapp)

 

 

Tags:
Categories:

Você sabe a importância da Avaliação Pré-Operatória?

Você sabe a importância da Avaliação Pré-Operatória?

 

Está prestes a passar por um procedimento cirúrgico ou está considerando fazer uma cirurgia e está preocupado com os riscos?

Saiba que muitas pessoas que já vivenciaram a experiência de ter a preocupação de como ia ser a cirurgia e os riscos envolvidos.

Antes de qualquer procedimento cirúrgico é importante que seja realizado a análise de risco justamente para diminuir as chances de complicações, sequelas e até mesmo de perder a vida, é um ponto tão importante quanto o próprio procedimento cirúrgico para que tudo seja feito com sucesso e segurança.

 

O que é levado em consideração na análise para saber quais os riscos?

A princípio é analisado se a cirurgia é eletiva ou de emergência, sendo que a eletiva é possível que o paciente escolha o momento, já na de emergência deve ser realizada o mais rápido possível.

Em relação ao paciente, é realizada uma avaliação geral do estado clínico, tais como:

– Idade, Estado geral de saúde, Histórico familiar, Obesidade, Tabagismo ou Alcoolismo, medicamentos e históricos de doenças e processos cirúrgicos já realizados (Condições crônicas, como cardiovasculares, pulmonares, renais e outras, capacidade física).

 

Mas como é feito toda essas análise?

A análise do risco cardiovascular costuma ser feita com base em algoritmos conhecidos pela classe médica nas quais medem as possibilidades das complicações devido à operação levando em consideração o estado clínico geral do paciente.

 

Quais são os principais exames solicitados para avaliar o risco cardiovascular?

Os exames necessários diferem de acordo com a cirurgia e seu tipo. Entre os principais temos: hemograma completo, eletrocardiograma, coagulograma, ecocardiograma e teste ergométrico. Os outros tipos a serem realizados serão determinados de acordo com o quadro e intervenção.

 

E o que é feito após os exames?

Após a realização dos exames, quando o resultado for obtido, dependendo do resultado a cirurgia poderá ser agendada, sendo que pode haver necessidade do paciente ficar internado por alguns dias ou faça mais algumas consultas.

Tão importante quanto os procedimentos pré-operatórios, a operação em sí, e também o pós-operatório, que indicará a paciente o que deverá ser seguido com rigor.

Não deixe de fazer sua pré-avaliação antes de sua operação. Entre em contato com os profissionais da Clinicordis e marque uma consulta.

(11)2443-2033
(11)99797-0135 (Whatsapp)

 

Tags:
Categories:

Você sabia que TONTURA pode significar DOENÇAS DO CORAÇÃO?

Você sabia que TONTURA pode significar DOENÇAS DO CORAÇÃO?

 

Muitas coisas passam por nossas vidas de forma imperceptível. Algumas vezes apresentamos sintomas de mal estar, que desaparecem rapidamente antes de darmos a devida importância.

Não raro, um desses sintomas que pode passar despercebido é a tontura, que pode ser sinal de: Labirintite, Colesterol, Distúrbios Hormonais, Neurológicos, Enxaquecas, Anemia, Hipotensão, Hipoglicemia, Ansiedade e até mesmo podendo apresentar em casos mais graves, DOENÇAS CARDIOVASCULARES.

Por isso devemos ficar muito atento aos sinais que o nosso corpo emite.

Quais são as causas?

–  Queda da pressão arterial
– Condições que comprometem o fluxo de sangue do coração, como Miocardiopatias, Arritmias e Ateroscleroses
– Hipoglicemia
– Anormalidades no ouvido interno
– Distúrbios sensoriais
– Problemas articulares e musculares
– Determinadas condições como Anemia, dor de cabeça e Ansiedade
– Efeito colateral de alguns medicamentos, tais como anticonvulsivos, sedativos e tranquilizantes.

Cuidados

Se ainda não tiver agendado uma consulta médica, é possível adotar algumas medidas preventivas, tais como:

– Se já sentiu tonturas ao dirigir, se possível use transporte alternativo até a data da consulta.

– Beba bastante líquidos para evitar a desidratação, o que pode agravar a tontura.

– Se toma algum medicamento, certifique-se que o mesmo não é a causa.

– Procure uma alimentação saudável, alimentos que contém vitamina E (trigo, espinafre), Vitamina C (laranja, morango), B-6 (atum, peru), Ferro (carne vermelha, feijão) são alimentos que contribuem para uma melhora geral do organismo.

Diagnóstico e Tratamento

A tontura pode ter varias causas, de modo que o tratamento e diagnóstico podem variar.

Por isso é importante procurar ajuda médica se você sente tontura frequentemente sem causa aparente.

A prevenção e o tratamento precoce podem evitar o desencadeamento de uma doença grave.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis Médica.

Tags:
Categories:
Cuidados com o coração no verão

Cuidados com o coração no Verão

Cuidados com o coração no Verão

 

O verão é o melhor momento para adotar hábitos saudáveis para o coração. O tempo agradável favorece muitas atividades, bem como a prática de atividade esportiva como para socializar.

Porém a alta temperatura e a umidade, não devem ter como única preocupação o uso de protetor solar. Excesso alimentares e de bebidas alcoólicas, esforço físico e exposição ao sol, pode trazer alguns problemas.

Por isso é importante pensar nos cuidados com coração e redobrar a atenção e aproveitar tudo sem susto.


Fatores e grupos de risco

– Indivíduos idosos, pessoas que tomam certos medicamentos para pressão alta e depressão, pessoas com antecedentes de doenças cardiovasculares, com fatores de risco como obesidade, colesterol e trigicérides altos, diabetes, tabagismo, estresse e hipertensão.


De que forma podemos aproveitar o verão e nos mantermos saudáveis.

É preciso estar atento:

– A medicamentos diuréticos

– Evitar consumo de bebidas alcoólicas e com cafeína

– Evitar atividades físicas durante o dia nos horários de pico de sol e calor

– Não se esforçar muito para não sobrecarregar o coração

Aproveite!

– Mantenha-se hidratado, beba bastante água

– Faça atividades físicas bem cedo ou de tarde e aproveite para socializar

– Faça alimentações leves como (peixes, que contém Ômega 3, frutas e verduras)

– Durma bem

– Use roupas leves e com cores claras

 

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Aproveite o verão para fazer sua avaliação médica, especialmente se não estiver com o checkup em dia.

 

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis Médica.

Tags:
Categories:
cuidados da pele no verao

Cuidados da pele no verão

Cuidados da Pele no verão

Para muitos, uma pele bronzeada é o sonho do verão e consideram essa uma das melhores temporadas do ano.
Porém as altas temperaturas, o sol e a umidade podem ser muito prejudiciais trazendo problemas como queimaduras, manchas, envelhecimento precoce, aumentando até mesmo o risco de câncer.

Para ter certeza que sua pele não será danificada, é necessário se atentar a alguns cuidados.

 

Confira as dicas!

1-Use Protetor solar diariamente
2-Faça uma alimentação saudável (beterraba, maça, cenoura, carnes grelhadas, frutas e legumes com alto teor de água e fibras são alguns alimentos que ajudam)
3-Mantenha-se hidratado, beba muita água e suco de frutas!
4-Use pouca maquiagem.
5-Mantenha a pele limpa, seca e hidratada.
6-Não esqueça seus pés, eles merecem o mesmo cuidado das outras partes do corpo.
7-Aproveite o clima para continuar firme com a prática de atividade esportiva.
8-Evite banho quente.
9-Evite tratamentos de pele e depilação antes da exposição ao sol.
10-Use roupa e acessórios que protejam a pele, tais como chapéu e óculos de sol.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se notar algum sintoma relacionado à pele, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

 

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis Médica.

Tags:
Categories:
tireoide

Você sabe o que são doenças de Tireoides?

Você sabe o que são doenças de Tireoides?

A tireoide é uma pequena glândula em forma de borboleta localizada na base do pescoço logo abaixo do pomo de Adão (popularmente gogó).

Ela é responsável por coordenar muitas das atividades do seu corpo, e produzir hormônios que são secretados no sangue e depois transportados para todos os tecidos do corpo.

O hormônio da tireoide ajuda o corpo a usar energia, manter-se aquecido e manter o cérebro, coração, músculos e outros órgãos funcionando como deveriam.

Quais os principais sintomas?

Vários distúrbios diferentes podem surgir quando a sua tireoide produz muito hormônio (hipertireoidismo) ou não o suficiente (hipotireoidismo) e podem interferir no crescimento e desenvolvimento das crianças e adolescentes, na regulação dos ciclos menstruais, na fertilidade, no peso, na memória, na concentração, no humor, no controle emocional, entre outros.

De que forma podemos prevenir?

Apesar de não haver nenhuma maneira específica de prevenir, existem escolhas que podem reduzir o risco, ou se for diagnosticado ajudam a reduzir ou impedir que a doença progrida, tais como:

– Comer menos alimentos que contem soja
– Parar de fumar
– Usar colete protetor de tireoide durante exame de raio-X.
– Através de Suplementação de acordo com recomendações médicas após exame.

Qual Diagnóstico e Tratamento?

A patologia da tireoide quando não diagnostica pode aumentar o risco de desenvolver uma série de outras condições médicas, por isso é importante estar ciente do histórico familiar de doenças da tireoide e prestar atenção a qualquer sintoma incomum que você tenha.

Diferentes condições das tireoides requerem diferentes formas de tratamento. Enquanto algumas podem ser tratadas com suplementação alimentar, outras requerem medicação por prescrição.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. É importante procurar um médico para que seja indicado qual melhor exame e tratamento.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis Médica.

Tags:
Categories:

Você Sabe a Importância da Avaliação Cardiovascular?

Você sabe a importância da avaliação cardiovascular?

Com estresse diário que vivemos, os maus hábitos alimentares e o péssimo estilo de vida, favorecem principalmente o risco de doenças do coração, que tem sido uma das maiores causa de morte no mundo.

Algo simples como uma visita ao médico para realizar exames podem ajudar a detectar qualquer risco de possíveis doenças que possam surgir. Doenças cardíacas quando detectadas precocemente, tem mais chances de cura e em casos críticos, pode ser a diferença entre a vida e a morte.

Em alguns casos, uma simples medida da circunferência abdominal pode predizer o risco de infarto, porém em outros as doenças podem aparecer sem sintomas.

Quando fazer uma avaliação cardiológica?

Em geral, exames cardiológicos são recomendados após os 35 anos, porém deverá ser antecipado em casos como:

– Histórico familiar
– Diabéticos
– Colesterol alto
– Doença cardíaca na infância
– Fumantes
– Pressão alta freqüente
– Sintomas como dores no peito e falta de ar
– Planeja praticar atividade esportiva

Quais exames são solicitados em uma avaliação cardiológica?

Diferentes tipos de exames podem ser solicitados dependendo de cada caso, entre eles:  Eletrocardiograma e teste ergométrico.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. É importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

 Para saber mais, clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis.

Tags:
Categories:
Cardiopatia Congênit

Você sabe o que é Cardiopatia Congênita?

Cardiopatia Congênita  é uma alteração que afeta a estrutura e o funcionamento do coração, que surge durante a gestação, quando o coração do bebê está se formando, e seu impacto na saúde e no desenvolvimento da criança pode variar de leve (como um pequeno orifício no coração)  a grave (como partes ausentes ou mal formadas e também afetam como o sangue flui através do coração e para o resto do corpo.

Apesar de a maioria dos bebês nascerem saudáveis, as doenças cardíacas congênitas são mais frequentes do que se imaginam e podem levar a criança a apresentar incapacidade ou problemas de saúde ao longo da vida.

 

Sintomas

Em alguns casos, a cardiopatia congênita não causa sintomas, porém alguns podem surgir no nascimento, durante a infância, ou na idade adulta. Confira.

– Cansaço extremo e fadiga

– Inchaço nas pernas, barriga ou ao redor dos olhos

– Respiração rápida

– Batimento cardíaco acelerado

– Má circulação sanguínea

– Tom azulado na pele, lábios e unhas

 

As principais causas:

Na maioria dos bebês a principal causa da cardiopatia congênita é desconhecida, porém alguns fatores podem elevar os riscos, tais como:

– Desenvolvimento de certas infecções da mãe durante a gravidez, como a rubéola ou ingestão de alguns medicamentos contra acne e como estatinas

– Uso excessivo de álcool e drogas durante a gravidez

– A mãe possuir diabetes tipo 1 ou tipo 2

– hereditários

– Doenças cromossômicas, como síndrome de Down, Trissomia 13 e Síndrome de Turner

 

De que forma podemos prevenir?

Assim como pouco se sabe sobre as causas das cardiopatias congênitas, não há maneira garantida de evitar ter um bebê com a doença. No entanto, se você estiver grávida, o seguinte conselho pode ajudar a reduzir o risco:

– Vacinar-se contra rubéola e gripe (influenza)

– Evitar beber álcool, drogas ou medicação

– Tome 400 microgramas de suplemento de ácido fólico por dia durante o primeiro trimestre (primeiras 12 semanas) da sua gravidez

– Evitar contato com pessoas que tem algum tipo de infecção

– Evitar a exposição a solventes orgânicos, como os usados ​​em limpeza a seco, diluentes de tinta e removedores de verniz- Fazer consultas pré-natais juntamente ao seu médico para recomendações nutricionais e diagnósticos.

Diagnóstico e Tratamento

Para saber mais sobre diagnóstico e tratamento, consulte um especialista da Clinicordis.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis.

Tags:
Categories:

Arritmia. Prevenção e Diagnóstico.

Sente seu coração acelerado repentinamente ou diminuição do ritmo cardíaco? Não tem certeza do que está causando essas sensações? Saiba mais sobre os sintomas, diagnósticos e como prevenir a arritmia.

Arritmia cardíaca é a alteração no ritmo das batidas do coração, que pode fazer com que ele bata mais rápido (taquicardia), mais lento (bradicardia) ou simplesmente fora de ritmo.

Algumas arritmias cardíacas são inofensivas; no entanto, em algumas existem o risco de surgimento de outras doenças cardiovasculares, como infarto e AVC e morte súbita.

Sintomas

Muitas vezes, a arritmia não manifesta nenhum sintoma, porém, pode acontecer de você sentir alguns sintomas. Conheça-os:

 Palpitação cardíaca e pulso acelerado ou lento;
 Tontura ou desmaio;
 Dor no peito;
 Falta de ar ou mal-estar
 Sensação de nó na garganta;
 Sensação de fraqueza e cansaço fácil;

As principais causas:

Varios fatores podem levar a arritimar cardíaca. Confira.

 Inicio de um ataque cardíaco ou um ataque cardíaco anterior.
 Artérias obstruídas no coração
 Pressão alta
 Hipertireodismo
 Cigarro
 Uso excessivo de bebida alcoólica e café
 Uso de Drogas
 Estresse
 Medicamentos incorretos ou em excesso.
 Diabetes
 Apnéia do Sono
 Genéticos

De que forma podemos prevenir e ter uma vida mais saudável?

Uma ampla mudança no estilo de vida, com uma alimentação mais saudável, uma boa noite de sono, prática de exercícios físicos regulares, não fumar e nem beber bebidas alcoólicas e evitar situações de stress.

Diagnóstico

Para diagnosticar uma arritmia cardíaca, o seu médico irá rever os seus sintomas e o seu histórico médico e realizar exame físico. Seu médico pode perguntar sobre condições que podem desencadear sua arritmia, como doença cardíaca ou um problema com sua glândula tireóide e também pode realizar testes de monitorização cardíaca específicos para arritmias, como:

 Eletrocardiograma;
 Holter de 24 horas;
 Teste ergométrico;
 Estudo eletrofisiológico (EPS);
 Tilt teste

O médico cardiologista é quem deve requisitar e avaliar estes exames e não é necessário fazer todos eles para se chegar ao diagnóstico.

Tratamento

Diferentes tipos de arritmia requerem formas de tratamento diferente. Em alguns casos o tratamento pode ser realizado através da mudança no estilo de vida, uso de marca-passo, remédios ou em alguns casos, cirurgia de ablação.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se sentir algum dos sintomas, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis.

Tags:
Categories:
PROBEMAS DERMATOLOGICOS_FACEBOOK

Problemas Dermatológicos. Como Prevenir e Diagnosticar.

Doenças de Pele

A sua pele está coçando, irritada ou com manchas? Não tem certeza do que está causando esses problemas? Saiba mais sobre os sintomas, diagnósticos e como prevenir.

Sua pele é o maior órgão do seu corpo e pode ser afetada pelo que está acontecendo dentro e fora dele. Alguns problemas de pele são agudos e desaparecem com o tratamento, enquanto outros são crônicos e podem persistir por meses ou anos.

Sintomas

– saliências elevadas que são vermelhas ou brancas
– uma erupção cutânea, que pode ser dolorosa ou com coceira
– pele escamosa ou áspera – descamação da pele
– feridas abertas ou lesões
– pele seca e rachada
– manchas descoloridas de pele
– verrugas ou outros crescimentos de pele
– mudanças na cor ou no tamanho da mancha
– perda de pigmento da pele

Como prevenir

Certos distúrbios de pele não são evitáveis, incluindo condições genéticas e alguns problemas de pele devido a outras doenças. No entanto, é possível evitar alguns distúrbios da pele.
– Manter a pele limpa, seca e hidratada
– Ingerir bastante líquidos
– Evite o estresse físico ou emocional excessivo
– Faça uma alimentação saudável
– Evite compartilhar itens pessoais
– Use protetor solar

Tratamento

Diferentes condições da pele requerem diferentes formas de tratamento. Enquanto alguns podem ser tratados com medicamentos sem receita, outros requerem medicação por prescrição.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se sentir algum dos sintomas, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis.

Tags:
Categories: