Se você já tem problemas cardíacos, é importante ficar atento. Durante a pandemia, não pare seu tratamento.

As doenças cardiovasculares ainda são uma das principais causa de morte no mundo.

Se você já tem problemas cardíacos, é importante ficar atento. Durante a pandemia, não pare seu tratamento.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. 

Agende seu exame ou consulta conosco!
(11)2087-7878

Agora você também pode agendar via Whatsapp!!
(11)95318-5060

 

Tags:
Categories:

Os Perigos Para o Coração no Outono/Inverno

Nesta estação do ano, com a queda das temperaturas, as complicações cardíacas aumentam. Um dos motivos são as doenças de infecções respiratórias, características da estação. Gripes e resfriados sobrecarregam o sistema circulatório.

Além disso, as baixas temperaturas causam a contração dos vasos sanguíneos, obrigando o coração a bombear mais sangue, levando ao aumento nos riscos de ocorrer Infarto e AVC.

 

Fique Atento

É importante estar alerta aos sintomas de riscos para o coração.

– Falta de Ar / Problemas respiratórios

– Inchaço nos pés

– Cansaço

– Tosse com catarro

– Aumento de micção durante a noite

– Tontura e Náuseas

– Dor no peito que irradia para o braço

 

Quais são os grupos de risco?

Idosos, pessoas que já possuem algum problemas cardíacos, ou tem pressão alta e/ou diabetes, fumantes, obesos, e que tem histórico familiar.

 

Como diminuir as chances de risco cardíaco no inverno

– Mantenha o corpo aquecido. Agasalhe-se bem, inclusive as extremidades do corpo usando luvas e meias.

– Previna-se. Tome bastante água, durma bem e siga as orientações de higienização.

– Busque uma dieta balanceada, com proteínas de carne magra, verduras, legumes e frutas.

– Cheque sempre que possível a pressão e o nível de glicose.

– Evite fumar e a ingestão de bebidas alcoólicas

– Não se exponha desnecessariamente ao frio

 

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se sentir algum dos sintomas, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

 

Agende seu exame ou consulta conosco!
(11)2087-7878

Agora você também pode agendar via Whatsapp!!
(11)95318-5060

Ou aqui no site em Agendamento Online.
https://www.emedclin.com.br/emedportal/servicosonline/default.aspx?hp=clinicordis

 

 

Tags:
Categories:

Pressão Alta – O que é preciso saber

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9).

A pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. A pressão alta é um dos principais fatores de risco para a ocorrência de acidente vascular cerebral, infarto, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.

O problema é herdado dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, como os hábitos de vida do indivíduo, entre eles:

Fatores de Risco
– Fumo
– Consumo de bebidas alcoólicas
– Obesidade
– Estresse
– Elevado consumo de sal
– Níveis altos de colesterol
– Falta de atividade física;

Além desses fatores de risco, sabe-se que a incidência da pressão alta é maior na raça negra, em diabéticos, e aumenta com a idade.

Como Prevenir

– Manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares;
– Não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos;
– Praticar atividade física regular;
– Aproveitar momentos de lazer;
– Abandonar o fumo;
– Moderar o consumo de álcool;
– Evitar alimentos gordurosos;
– Controlar o diabetes.

 

Diagnóstico e tratamento

Medir a pressão regularmente é a única maneira de diagnosticar a hipertensão. Pessoas acima de 20 anos de idade devem medir a pressão ao menos uma vez por ano. Se houver casos de pessoas com pressão alta na família, deve-se medir no mínimo duas vezes por ano.

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente.

Além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se sentir algum dos sintomas, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

 

Agende seu exame ou consulta conosco!
(11)2087-7878

Agora você também pode agendar via Whatsapp!!
(11)95318-5060

Ou aqui no site em Agendamento Online.
https://www.emedclin.com.br/emedportal/servicosonline/default.aspx?hp=clinicordis

 

 

Tags:
Categories:

O que é Doença Arterial Coronariana (DAC)?

É o resultado da obstrução das artérias coronárias – os vasos sanguíneos que irrigam o músculo do coração. O conjunto de artérias coronárias constitui a circulação coronária.

Denomina-se isquemia miocárdica a má irrigação do músculo cardíaco decorrente de obstrução da circulação coronária.

Quer saber mais sobre os sintomas, fatores de risco, prevenção e tratamento? Continue lendo este artigo ou acesse o link abaixo para ver o conteúdo completo.

Quais são os Sintomas

A dor no peito, secundária à isquemia miocárdica, tipicamente se manifesta com as seguintes características: dor em aperto, opressão, pressão, peso ou queimação, localizada na região subesternal. Contudo, a dor pode se localizar em qualquer porção do tórax, mais frequentemente no meio ou do lado esquerdo, e ainda nos ombros, braços, pescoço, mandíbula, dentes, nas costas e até, menos frequente, na porção superior do abdômen.

Na dúvida, consulte sempre seu médico. O fato de descartar o diagnóstico de angina é tão importante quanto o de definir seu diagnóstico, numa primeira instância.

Quais os fatores de risco?

Alguns fatores são reconhecidos como sendo de risco para o desenvolvimento do processo aterosclerótico e, consequentemente, da doença coronariana. Entre eles:

-. Histórico familiar de doença coronariana em idade jovem,
-. Tabagismo,
-. Sedentarismo,
-. Obesidade,
-. Diabetes,
-. Hipertensão arterial e
-. Níveis elevados de gorduras no sangue, particularmente o colesterol.

Quais os tratamentos?

O tratamento da doença arterial coronária envolve três possíveis abordagens. Dependendo de cada caso, o médico definirá a melhor conduta a ser seguida.

– Tratamento com medicamentos
-Angioplastia Coronária
– Tratamento Cirúrgico.

Como prevenir?

Leve uma vida saudável. Controle os fatores de risco.
Tente manter seu peso próximo ao ideal para sua idade e altura, adote dieta saudável, controlando os níveis de gordura e evite sedentarismo. Se é hipertenso ou diabético, controle-os da melhor maneira possível.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Se sentir algum dos sintomas, é importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

Agende seu exame ou consulta conosco!
(11)2087-7878

Agora você também pode agendar via Whatsapp!!
(11)95318-5060

Ou aqui no site em Agendamento Online.
https://www.emedclin.com.br/emedportal/servicosonline/default.aspx?hp=clinicordis

 

 

Tags:
Categories:

O que são fatores de risco cardiovascular? Saiba como preveni-los

O que são fatores de risco cardiovascular? Saiba como preveni-los!

 

São todas as condições que favorecem o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas ou nos vasos sanguíneos

Existem diversos fatores que favorecem o aparecimento da doença, por isso é importante entende-los, pois em alguns casos é possível prevenir e em outros casos é possível controlar através de tratamento para amenizar os sintomas e viver uma vida mais tranquila.

Quais são os fatores?

Entre os principais fatores, está o estresse do dia a dia, a pressão no trabalho, alimentação com excesso de gordura (alimentação desregulada, exagerada ou de má qualidade), diabetes, sedentarismo, obesidade, hipertensão, triglicerídeos elevado, genética e idade.

De que forma é possível a prevenção?

Algumas condições são inevitáveis, tais como idade, sexo e histórico de doenças cardíacas na família. Porém existem outras que podem ser mudadas, tais como, procurar atividades que aliviam o estresse, como a prática de atividade esportiva e socialização com amigos ou família, controlar o peso, diabetes e colesterol através de uma alimentação saudável e evitar bebidas, cigarro, drogas e excesso de sal na alimentação.

A prevenção e o tratamento precoce podem evitar o desencadeamento de uma doença grave.

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. Entre em contato com os profissionais da Clinicordis e agende a sua consulta.

(11)2443-2033
(11)99797-0135 (Whatsapp)

 

 

Tags:
Categories:

Você sabe a importância da Avaliação Pré-Operatória?

Você sabe a importância da Avaliação Pré-Operatória?

 

Está prestes a passar por um procedimento cirúrgico ou está considerando fazer uma cirurgia e está preocupado com os riscos?

Saiba que muitas pessoas que já vivenciaram a experiência de ter a preocupação de como ia ser a cirurgia e os riscos envolvidos.

Antes de qualquer procedimento cirúrgico é importante que seja realizado a análise de risco justamente para diminuir as chances de complicações, sequelas e até mesmo de perder a vida, é um ponto tão importante quanto o próprio procedimento cirúrgico para que tudo seja feito com sucesso e segurança.

 

O que é levado em consideração na análise para saber quais os riscos?

A princípio é analisado se a cirurgia é eletiva ou de emergência, sendo que a eletiva é possível que o paciente escolha o momento, já na de emergência deve ser realizada o mais rápido possível.

Em relação ao paciente, é realizada uma avaliação geral do estado clínico, tais como:

– Idade, Estado geral de saúde, Histórico familiar, Obesidade, Tabagismo ou Alcoolismo, medicamentos e históricos de doenças e processos cirúrgicos já realizados (Condições crônicas, como cardiovasculares, pulmonares, renais e outras, capacidade física).

 

Mas como é feito toda essas análise?

A análise do risco cardiovascular costuma ser feita com base em algoritmos conhecidos pela classe médica nas quais medem as possibilidades das complicações devido à operação levando em consideração o estado clínico geral do paciente.

 

Quais são os principais exames solicitados para avaliar o risco cardiovascular?

Os exames necessários diferem de acordo com a cirurgia e seu tipo. Entre os principais temos: hemograma completo, eletrocardiograma, coagulograma, ecocardiograma e teste ergométrico. Os outros tipos a serem realizados serão determinados de acordo com o quadro e intervenção.

 

E o que é feito após os exames?

Após a realização dos exames, quando o resultado for obtido, dependendo do resultado a cirurgia poderá ser agendada, sendo que pode haver necessidade do paciente ficar internado por alguns dias ou faça mais algumas consultas.

Tão importante quanto os procedimentos pré-operatórios, a operação em sí, e também o pós-operatório, que indicará a paciente o que deverá ser seguido com rigor.

Não deixe de fazer sua pré-avaliação antes de sua operação. Entre em contato com os profissionais da Clinicordis e marque uma consulta.

(11)2443-2033
(11)99797-0135 (Whatsapp)

 

Tags:
Categories:

Você sabia que TONTURA pode significar DOENÇAS DO CORAÇÃO?

Você sabia que TONTURA pode significar DOENÇAS DO CORAÇÃO?

 

Muitas coisas passam por nossas vidas de forma imperceptível. Algumas vezes apresentamos sintomas de mal estar, que desaparecem rapidamente antes de darmos a devida importância.

Não raro, um desses sintomas que pode passar despercebido é a tontura, que pode ser sinal de: Labirintite, Colesterol, Distúrbios Hormonais, Neurológicos, Enxaquecas, Anemia, Hipotensão, Hipoglicemia, Ansiedade e até mesmo podendo apresentar em casos mais graves, DOENÇAS CARDIOVASCULARES.

Por isso devemos ficar muito atento aos sinais que o nosso corpo emite.

Quais são as causas?

–  Queda da pressão arterial
– Condições que comprometem o fluxo de sangue do coração, como Miocardiopatias, Arritmias e Ateroscleroses
– Hipoglicemia
– Anormalidades no ouvido interno
– Distúrbios sensoriais
– Problemas articulares e musculares
– Determinadas condições como Anemia, dor de cabeça e Ansiedade
– Efeito colateral de alguns medicamentos, tais como anticonvulsivos, sedativos e tranquilizantes.

Cuidados

Se ainda não tiver agendado uma consulta médica, é possível adotar algumas medidas preventivas, tais como:

– Se já sentiu tonturas ao dirigir, se possível use transporte alternativo até a data da consulta.

– Beba bastante líquidos para evitar a desidratação, o que pode agravar a tontura.

– Se toma algum medicamento, certifique-se que o mesmo não é a causa.

– Procure uma alimentação saudável, alimentos que contém vitamina E (trigo, espinafre), Vitamina C (laranja, morango), B-6 (atum, peru), Ferro (carne vermelha, feijão) são alimentos que contribuem para uma melhora geral do organismo.

Diagnóstico e Tratamento

A tontura pode ter varias causas, de modo que o tratamento e diagnóstico podem variar.

Por isso é importante procurar ajuda médica se você sente tontura frequentemente sem causa aparente.

A prevenção e o tratamento precoce podem evitar o desencadeamento de uma doença grave.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis Médica.

Tags:
Categories:

Distúrbios Metabólicos. Como Prevenir.

Distúrbios Metabólicos. Como Prevenir.

A síndrome metabólica é um conjunto de doenças que, associadas, levam ao aumento do risco de problemas cardiovasculares, acidente vascular cerebral (AVC) e Diabetes Mellitus tipo 2.

 

Alguns sinais relacionados são:

Obesidade: Perímetro abdominal maior que 100cm para homem, 90cm para mulher)Pré-

Hipertensão arterial: Pressão arterial igual o superior a 130/85 mmHg\

Hiperglicemia (muito açúcar no sangue): glicose igual a ou maior do que 100 mg / dL em jejum

Hipocolesterolemia (colesterol bom baixo): HDL abaixo de 40 mg / dL em homens ou abaixo de 50 mg / dL em mulheres

Hipertrigliceridemia: Nível de triglicéridos igual ou acima de 150 mg / dL

 

As principais causas são:

A má alimentação, sedentarismo, rotina irregular de sono, fatores genéticos, distúrbios hormonais e envelhecimento.

 

De que forma podemos prevenir e ter uma vida mais saudável?

Uma ampla mudança no estilo de vida, com uma alimentação mais saudável, uma boa noite de sono, prática de exercícios físicos regulares, não fumar e nem beber bebidas alcoólicas.

 

Um acompanhamento médico regular é uma prática que não pode ser descuidada. É importante procurar um médico para que seja indicado o melhor exame e tratamento.

Clique aqui e Solicite um agendamento com os profissionais da Clinicordis.

Tags:
Categories:

A importância da avaliação cardiológica pré-operatória

Complexo ou não, qualquer procedimento cirúrgico pode representar um risco para a saúde do paciente. Se você tem uma cirurgia programada, com certeza, o médico te indicou alguns exames pré-operatórios para identificar fatores que possam interferir na hora da operação.

❤Normalmente, o Eletrocardiograma é o exame mais indicado para avaliar alterações cardiológicas que possam causar algum tipo de complicação durante a cirurgia.

Clique aqui para saber mais e agendar sua consulta na Clinicordis.

Categories:
× Como posso te ajudar?